sexta-feira, 27 de julho de 2012

Iluminadas letras

A madrugada gelada já virou companheira em noites de solidão. É necessário estar só para os pensamentos trazerem de volta os meus sentimentos que suas palavras dessa vez assombraram. Nenhum coração precisa saber - ouvir - enxergar desejos podres e frios da carne. Tudo agora é frágil, pode quebrar.
Daqui da varanda olho para o céu e vejo as estrelas, que iluminadas de letras, brilham o meu amor por ti.

0 comentários: