segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Arritmia de um pobre coração

Agora só de recordações se alimentam meus sonhos,
provocando em meu coração uma intensa arritmia.
Nem a lua cheia me mostrou tanta beleza,
só de olhar pra ela, senti tanta tristeza.
Não! O amor não acaba assim.
Mas a tristeza tomou o seu lugar,
e a distância só faz machucar.
Sinto um imenso vazio no peito,
e isso vai me dando desespero.
E tudo me faz lembrar você,
na coisa mais simples da vida.
Agora o meu coração é um pobre coitado,
desfeito em pedaços.
Já não sei mais o que faço
sem os seus beijos e abraços.